A minha senhora conta inúmeras vezes (ok não são muitas, mas já contou algumas vezes) que a sua minha primeira viagem ao estrangeiro foi à Espanha. Estava de férias no Algarve e foi com os seus pais a Badajoz. Na altura ainda existiam fronteiras que deixavam sempre toda a gente muito nervosa, a minha avó por exemplo ficava sempre com a chamada febre de fronteira, com medo que a policia apanhasse os caramelos que trazia debaixo do banco do carro.

Bom, nessa 1ª viagem, ela estava muito curiosa sobre o que iria encontrar. Chegada ao centro de Badajoz estava muito intrigada pois só via pessoas por todos os lados. Pessoas como as que ela já conhecia. E foi então que perguntou aos seus pais, “onde é que estão os espanhóis?!?”

Estava à espera de uns seres estranhos e fora do vulgar. Talvez com 4 pernas, com antenas ou com olhos na testa. Provavelmente contava que eles subissem paredes de costas e fossem todos azuis.

Infelizmente ela não pratica trail running, porque se praticasse iria finalmente encontrar as ditas criaturas que se distinguem de todos os outros e que estão a invadir os nossos trilhos, como se pode ver pelos resultados orgulhosos publicados recentemente pelos atletas com Cartão de Cidadão Português: 15º da geral, 3º Português.