Meia-Maratona de Lisboa

A minha primeira vez na meia-maratona de Lisboa.

Com sabem ofereceram-me um dorsal, e como a cavalos dado não se olha o dente, hoje lá me apresentei no tabuleiro da ponte 25 de abril para correr as 13 milhas.

Tinha o despertador para as 7h mas acordei às 6h, uma vez que sou atleta amador e teria de ir de transportes para a outra margem achei que isto aumentaria as minhas hipotesses de vencer.

Era suposto haver trovoada mas acabou por estar um dia de sol e calor. (Boa desculpa para usar a quem correu mal a prova).

Eu nunca fiz esta prova mas já sabia muito bem ao que ia. Sou veterano em mini-maratonas da ponte embora ja não fizesse nenhuma há uns anos.

Segundo sei esta é a meia-maratona que tem o record de participantes em Portugal, e com o menor numero de wc’s portateis. Parece que 10278 pessoas terminaram a prova. para 10278 pessoas devia haver uns 8 wc’s portáteis. Feita as contas, dá 1284,75 pessoas para 1 wc. Claro que tem de andar tudo a mijar por todo o lado. Só não vi pessoas a urinar para os pés dos policias mas pouco faltou.

Não sei qual o motivo mas esta prova não ter lebres para ajudar aos pbts. Se queres lebre tens de trazer de casa. Vi pessoas com fogareiros a assar chouriços (juro que vi), Arroz de lebre não sei se alguém levou.

Dada a partida é a confusão que já se sabe. Muita gente para 6 faixas, os mais lentos e com mais vontade de parar estao sempre na frente mas nada de preocupante.

Saída da ponte e pronto, é correr até ao cais do sodré, depois até ao dafundo, e depois voltar aos jerónimos. Pessoalmente odeio o percurso mas é um problema meu.

Lá fiz a prova toda e cheguei ao final. Eu não consigo entender as porcarias que dão no final de algumas provas. A medalha não está mal mas eu já não aguento mais sacos técnicos! Um gajo corre 21km e querem que eu beba um pacote de leite que esteve dentro de um saco preto a manhã toda? Ou uma banana da madeira boa para comer daqui a 2 ou 3 semanas. Uns metros mais à frente e dão dildos congelados…ou calippos como alguma malta chama.

Resumindo a prova é uma prova normal, com todas as caracteristicas de qualquer outra prova.

Como já devem ter visto na tv… não ganhei, e vou culpar as sapatilhas, ou a falta de treino, ou a fisioterapeuta ou a nutricionista ou o calor. Ainda não decidi.

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: