Superação, a bem da nação 

Olá corredores, já se superaram hoje?

su·pe·rar
(latim supero, -are, estar acima, sobressair, dominar)
verbo transitivo
1. Ser superior a ou melhor do que. = EXCEDER
2. Passar mais além do que. = GALGAR, SUBJUGAR, ULTRAPASSAR
3. Obter uma vitória relativamente a. = VENCER

Para quem não corre quando dizemos que conseguimos completar uma prova de 10km por vezes não dão valor e não percebem as dificuldades por que passámos.

Quem não corre não consegue entender o que é preciso abdicar para poder treinar. Não sabe o que é sair de casa de manhã e não ter tempo de fazer a cama. Chegar a casa à noite depois de um dia de trabalho comer à pressa e ter de sair pouco depois sem ter oportunidade de lavar a louça do jantar.

Não conseguem compreender o que é sair para fazer um treino de 1hora e ter de ficar outra hora à conversa com os amigos para por a conversa em dia e tirar fotos para as redes sociais.

É difícil. Sofremos muito! Muitas lágrimas são derramadas. Especialmente quando os colegas de corrida aparecem de legings e parecem uns chouriços.

Os km que por vezes temos de passear de automóvel para ir a uma prova que fica mais distante e sair da nossa zona de conforto para conhecer outras paisagens.

Tudo isto para que? Maior parte de quem for ler isto provavelmente nem nunca ganhou nem ganhará prova nenhuma.

O importante é a superação. Superar é o que está a dar. Depois de nos superarmos, significa que conseguimos superar-nos.

E é isso que conta ao final do dia. A superação.

E ter saúde.

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: