Escadinhas & Subidinhas de Carnaval

Se este não é o treino com a malta mais divertidos da cidade não sei qual é. O treino de hoje calhou em 3ª feira de Carnaval (OLHÓ CARROOOOOOO!!) e os participantes não desiludiram e foram vestidos a rigor.

Havia uns mascarados de atletas, outros de runners, alguns (ENCOSTA À DIREITAAAAA!!) até de corredores. Havia uma senhora que levava um tutu, e um senhor uma cartola, mas não percebi do que estavam mascarados. Estava também um dos guias vestido à pirata, já que estes treinos até são de borla não entendo o porque de ir desta forma.

O treino passou nas escadinhas do costume, (OLHÓ CARROOOOOOOOOO!!) e os participantes arrastaram-se como de costume, fizeram fitas como de costume, desobedeceram como de costume, mas terminaram felizes. Como de costume.

Há quem ache que o Chariots of Fire é uma música que motiva a correr. Há quem prefira o Eye of the Tiger. Eu se me oferecessem um mp3 com a senhora das meias cor-de-rosa a dizer “VAMOS LÁ! BORA, BORA!” durante 2 horas, eu conseguia correr uma ultramaratona. Fiz o treino todo sem parar com medo que ela viesse atrás de mim. Não sei se aquela energia toda vem das meias mas ouvi dizer que sim.

No final houve um sorteio (SUBAM PARA O PASSEIOOOO!!!) para a 13ª Corrida de Solidariedade ISCPSI/APAV, que calhou ao pirata. Bem-feita que agora vai ter de treinar para mais uma prova!

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: