Bom dia Corredores.

Como sabem ontem convidei os fãs do MeteVaselina no facebook a responder a um inquérito para perceber melhor como estava o panorama das corridas em Portugal.
Agradeço desde já a todos os que participaram, venho então apresentar os resultados do meu estudo. Vou sempre que possível falar em percentagens no universo de todos os portugueses que julgo que este inquérito representa.

Sendo assim neste momento somos 20% mulheres, 72% homens e 8% outras coisas…

É notório que o fenómeno do running é algo recente pois 56% começou a correr há 2 anos ou menos, havendo obviamente quem tenha começado desde sempre e quem tenha começado ontem. 13% Corre 1x por semana, 13% corre 6x por semana. Curiosamente ninguém corre todos os dias já que até deus nosso senhor ao 7º dia descansou. 4% corre 2x por semana, 26% corre 3x por semana, 30% corre 4x por semana e 8% corre 5x por semana.

O fenómeno do trail é evidente no entanto não está em maioria com 52% a preferir trail e 60% a preferir estrada.

Pensei que todos os corredores fossem cuidadosos com a alimentação no entanto percebi que que tirando fritos que é evitado por alguns, uma boa parte não tem cuidado nenhum, leva-me a crer que até exista quem coma com as mãos.

Em relação ao resting, 60% dorme deitado, os outros não especificaram a posição mas 4% dorme nu, 4% descalço e 4% em conchinha (enquanto os seus pares dormem como uma pedra). 4% Não gosta de pijamas da hellokitty nem pantufas da mini.

Sobre o teste da passada novamente fui surpreendido pois apenas 26% fez o teste, 0% de supinadores, 4% de pés bonitos, 13% pronadores.

Os treinos sociais são sempre ao final do dia no entanto 43% dos corredores prefere correr de manhã, 13% de noite e 13% à tarde (devem estar desempregados ou então trabalham por turnos…) 8% gosta do sol e 17% prefere a chuva.

Sugestões para melhorar gostei de todas, não vou publicar os resultados para os blogs da concorrência não tirarem ideias. No entanto posso dizer que vou pensar em oferecer palmilhas, e avançar com a criação da linha de moda MeteVaselina.

Sobre a alimentação, no final das provas as organizações gostam de oferecer água e uma maçã, mas quando eu for organizar o trofeu MeteVaselina  no final vai haver pernil, carne de porco à alentejana, bacalhau, coiratos e feijoada de certeza.

Cor-de-rosa está mais que visto que é o novo preto. Se bem que salmão pelos vistos também tem muita saída.

Metade dos runners mete vaselina, a outra metade ou não mete nada ou então não sei o que mete.

Há quem ache que correr é ser maluco, quem ache que é divertido, e outros mais práticos que correr para fugir de animais selvagens ou para engatar miúdas. Há os que complicam tudo e correm para obter melhoria na condição psicossomática, prevenção de doenças cardiovasculares, neoplasias, dislipidémias.

Em relação a o que é mais importante numa corrida eu não devia divulgar porque já sei que a Xistarca e HMS vão aproveitar este estudo sem dar os devidos créditos ao metevaselina mas mesmo assim aqui vai. O que os corredores querem é bons fotógrafos. Bandas a tocar é o que menos interessa, logo seguido da cor da t-shirt. Bananas no final e quantidade de barracas a oferecer tralhinhas é também bastante importante para os runners.

O melhor blog de running não há duvida que este é o melhor com 82% dos votos. Os restantes 18% não acham este o melhor mas também não sugeriram nenhum, tirando um desgraçado que acha que o PAVNESC é melhor (LOL…) e outro que acha que o “O do barbudo que corre” é que é bom.

O ditado diz-me que numero calças dir-te-ei que numero vestes é um mito. Meninas deixem de olhar para os pés dos runners e a fazer contas porque não me parece que vão chegar a nenhum resultado certo. Há runners a calçarem 69 e vestirem XS e runners a calçarem 39 e vestirem XXL… Para quem compra ténis para revenda os números que tem mais saída é o 40 e 42/43.

Espero que o meu relatório vos sirva para melhor entenderem o mundo do running em Portugal.