Pois é, domingo é a maratona do Porto e graças a Deus desta vez nenhuma marca ofereceu-me dorsais nem ganhei nenhum em passatempos.
Vou por isso poder dormir num domingo até às 10:00 em vez de acordar às 6:00 para ir correr.

Não vou correr e estou com pena de quem vai pela primeira vez.

Desgraçados treinaram durante meses, e mesmo assim nos dias seguintes à prova vão andar como os robots.
Antes da prova vão ter de ver outras pessoas a urinar no meio da rua, atrás de moitas, alguns vão ter de entrar em wc’s portáteis que nem consigo descrever com palavras.
Durante a prova vão ter de ser testemunhas de cãibras e talvez vómitos conforme aumentam os kms.
Vão ficar com unhas negras e se calhar até bolhas nos pés.

Enquanto isso eu vou estar em casa, a beber um galão e a comer um crepe com nutella sentado de pijama no sofá.

Tenho pena da família dessas pessoas que durante os dias seguintes à maratona em q pensavam q ia terminar a conversa sobre corridas durante uns tempos vão ter de ouvir as histórias todas da prova mil vezes.

Tenho pena de vocês mas vou torcer por todos. Torcer para que não vos dêm fruta verde no final da prova e fiquem bem nas fotos.

Boa prova e não chorem no final, vão mas é para as massagens ou para casa.

E por favor, se forem por vaselina, pensem no q quiserem, menos em mim.