Cheating Run

Bom dia corredores.

Hoje em dia que o running está cada vez mais na moda existem várias tecnicas para melhorar a nossa performance.
Cross-fit, natação, ciclismo, musculação, yoga.

Na minha opinião o que funciona melhor mesmo é uma técnica antiga e que hoje em dia está muito em voga que é o cheating.

Existem vários tipos de exercicios que podem fazer. O mais comum e que tem bons resultados consiste em numa prova por exemplo de 10km fazer só 1km. Faz-se os 500m iniciais e os 500metros finais. Isto é bastante praticado em provas vai-vem que tem retorno. Arranca-se, corre-se 500metros, paramos para apertar os atacadores e beber água e tirar fotos, e quando os atletas da frente estão a voltar juntamo-nos e seguimos para a meta. Tem bons resultados a curto tempo.

Outra forma um pouco mais cansativa é inscrever-se num escalão diferente do vosso. Se por exemplo tens 25anos, inscreve-te em M60. Vai ser complicado quando tiveres de ir ao pódio mas se por exemplo convidares o teu avô para assistir à prova, depois mandas ele ir buscar a medalha e o cabaz de prémio.

Há uma outra técnica que ainda não está muito em uso mas posso divulgar que é antes da prova começar vais tirar uma selfie com o atleta que sabes que tem maior probabilidade de ganhar. Um abracinho para a camara e pumba! Colas o teu chip nas suas costas! Sorris e vais embora. Se ninguem reparar, o teu chip vai fazer o percurso todo. vais acabar em 2º e ser vice-campeão.

Em treinos podes também praticar o cheating, há zonas em que os gps ficam malucos por perderem sinal, por exemplo tuneis, nesses sitios por vezes o gps acrescenta tipo 5km ao teu treino, vais ficar com médias do Mo Farah e ser o rei do strava!

Bons treinos e bom cheating!

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

2 thoughts on “Cheating Run

  • Novembro 10, 2015 at 11:49 am
    Permalink

    Tu és mesmo bom nesta cena ?

    Reply
  • Dezembro 1, 2015 at 9:13 pm
    Permalink

    Ser rei do strava na corrida basta fazer 10 km, meia-maratona ou a maratona de bicicleta e não mudar o modo de registo no relógio. Eu já “corri” 10 km a 2:50 mn/km…mas, mesmo assim, há lá uns milhares melhores que eu. Eu esqueci-me de mudar e presumo que os outros 8000 também…Se atendermos que a velocidade de um corredor de pista nos 10 km é 2:42…imaginem os campeões da modéstia que para aí há.

    Reply

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: