Escadinhas & Subidinhas – Pós Maratona

Depois de correr 42km no domingo pensei que iria ficar 1 mês a descansar já que 42km é o que faço normalmente em 1 mês de treino, no entanto ontem acordei e já sabia andar como as pessoas normais.

Tinha duas hipotesses de programas de final de dia, ou ía ao dentista ou ía às escadinhas & subidinhas. Ambas íam provavelmente doer, optei pelas escadinhas e adiei o dentista para a proxima semana.

Desde a primeira vez que fui que oiço o João Campos a dizer que já houve confrontos entre participantes e condutores e que se deve evitar, das vezes que fui nunca vi nada, por isso continuo a ir na esperança de um dia ter o privilégio de ver um combate de street fight entre condutores e corredores carregados de mochilas e bidons de água. Ainda não foi desta…

Se formos a comparar as primeiras vezes que fui as escadinhas com sexo, as outras vezes foi sexo tantrico e ontem foi uma rapidinha. Acabou eram 22h30.

Parece-me que todos os treinos têm coisas novas, ontem colocaram um vendedor de castanhas encostado ao meeting point logo no inicio só para provocar. Resisti e não comprei até porque mais uma vez cheguei já depois da hora e só na subida dos barbadinhos apanhei o grupo.

Como esperava as conversas era em torno do TSL/UTAX e da maratona, motivo suficiente para os participantes poderem-se queixar o percurso todo.

O percurso passou pelas escadinhas habituais mas de forma invertida (nao foi as escadinhas que foram invertidas), como estava ainda cansado resolvi aproveitar que o treino não tem chip e nao fiz as escadinhas as vezes que é suposto, acho que ninguem reparou, compenso para a proxima. Mantive-me discretamente nas sombras durante o treino todo para não ser assediado por nenhum fã e no final fui-me logo embora porque não havia sorteio de nada.

Ah! Já me esquecia! A Isabel Barra que se deu ao trabalho de enviar mensagem privada a perguntar se eu ía acabou por ser ela a não aparecer…

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: