Diz-se por aí…

Bom dia corredores.
Ultimamente sempre que vou a treinos sociais ou a provas é cada vez mais usual ouvir falar sobre mim. 
Estou ali na minha vidinha a correr ou a preparar-me para correr e lá vem um comentário de pessoas que às vezes nem sei quem são.

5ª Feira fui ao treino da Nike e ouvi um grupinho a comentar, “Sabes quem é o Ricardo Silva? Um amigo diz que o conhece e que ele tem 3 pernas”, durante o treino oiço outro grupo a queixar-se de uma subida e um dos elementos do grupo comenta, “Ouvi dizer que o Ricardo já fez esta subida com a sapatilha direita no pé esquerdo e a do pé esquerdo no pé direito”, no final do treino ainda outro grupo enquanto bebia água, “bebes muita água, o Ricardo Silva contaram-me que se mantem hidratado só à base de baba de caracol”.

Ontem na corrida do Sporting ouvi novamente falarem de mim… “O PBT do Ricardo Silva aos 10km foi feito de costas e com calças de fato de treino de nylon…”, a meio da corrida um jovem queixoso para um amigo “esqueci-me de por Vaselina, quem me dera ter a sorte do Ricardo Silva, o gajo tem uma empregada só para o barrar…” 

Há certos boatos que até podem ter um pouco de verdade mas maior parte do que se anda por aí a dizer não corresponde na totalidade à realidade.

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

One thought on “Diz-se por aí…

  • Outubro 28, 2015 at 12:32 pm
    Permalink

    E eu conto fazer o mesmo. Ia a correr, mandar puns e pensar que o Ricardo Silva ainda não fez um post sobre as caganeiras nas corridas. lol

    Reply

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: