Como fazer uma maratona

Depois de ter feito uma(1!) maratona acho que já estou em condições de começar a dar dicas a outros atletas que pretendem completar uma prova destas com sucesso.

O primeiro passo para correr uma maratona é não treinar para a maratona. Já li milhares de planos de treino para a maratona e são todos uma seca! Se seguirem o plano quando chegar o dia da corrida já nem conseguem ver os ténis à frente.

Se o objectivo é correr uma maratona daqui a por exemplo 1ano e meio… Façam um filho tipo já! Daqui a 9 meses vai estar ca fora e sobra-vos 9 meses sem correr mas que vão exercitar músculos que nem imaginam que existem. A Sara Moreira ficou em 3º na maratona de NY depois de ser mãe.

Partam da prova em último! Não há nada pior que ser ultrapassado por milhares de pessoas nem nada melhor que ir uma prova inteira a ultrapassar. Não é por irem para o curral das 3h00 que vos vai fazer correr a maratona em 3h00.

Pensem no vosso emprego, nas filas nas finanças e no Imtt, o que devem ao banco e pensem o bom que é estar ali a correr durante 2 ou 6 horas sem ninguém chatear.

Não treinem no percurso da prova. Evitem ao máximo o percurso da prova. Ao conhecerem o percurso vão estar a sofrer com antecedência porque sabem que vem ali a subida, ou o buraco que tens de te desviar ou aquela parte em que o alcatrão cedeu e por isso vais a correr de lado.

Não façam treinos longos de 30km. Se estão com medo da distância mais vale ir mesmo com o pensamento de “ai vai alho” e Deus me ajude a chegar ao fim. É bem mais motivador a surpresa de ver o que acontece do que passar 3 horas a correr já sabendo o que vai acontecer não tarda nada quando rebentarem.

Não façam treino em sítios planos. Façam por exemplo os treinos de escadinhas & subidinhas em Sta. Apolónia (este post não é patrocinado), se não forem de lisboa procurem subidas aí na zona e subam-nas… E desçam também essas subidas. Quando chegar a maratona e for tudo a direito vão sentir-se um automóvel com cruise control.

Tenham cuidados com a alimentação. Isto é muito importante para a maratona e por vezes é descuidado pelos principiantes na preparação para a maratona. Se por exemplo comerem peixe verifiquem sempre se tem espinhas. Até aquele congelado que só sabe a farinha por vezes tem espinhas. Se gostam de torradas ao pequeno-almoço e estão habituados a comer sempre torradas, comam em dia de prova mas tenham cuidado para não as queimar.

Bebam água em todos os postos de abastecimentos e se não tiverem um estômago de princesa comam um gel a cada 5km. Sim, sim, eu sei q aguentam bem até aos 15km sem nada mas querem as minhas dicas ou não?

Não tentem ir atrás de velhos de t-shirts de alças, ou gordos, ou miúdas giras para se armarem. 99% das vezes eles serão melhor do que vocês.

Inscrevam-se na prova e digam a TODA a gente que vão desistir a meio. Digam que n treinaram e por isso vão só fazer metade, inscreveram-se só para ver o ambiente. Assim se estiverem de rastos correm aquilo q disseram q iam correr e pronto. Se estiverem bem continuam até não haver volta a dar nem q seja a gatinhar vão chegar à meta!

Ah e metam vaselina nos sítios do costume.

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

3 thoughts on “Como fazer uma maratona

  • Outubro 28, 2015 at 12:19 pm
    Permalink

    Deixa-me que te diga…és muita bom a escrever! Parabéns!
    Eu sou nova nisto das corridas e continua a custar-me horrores mas mesmo assim não vou desistir. Ainda não passei de provas de 10km e mesmo assim, ui…
    Vou seguir-te e já deu o link do teu blog a amigos…se não te seguirem é porque são parvos. Tenho dito.

    Reply
    • Outubro 28, 2015 at 12:45 pm
      Permalink

      Obrigado Dora. inscreve-te em meia-maratonas, vais ver que 10km deixam logo de custar… 😉

      Reply

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: