Corrida em dias de praia

Bom dia corredores,

Vou terminar hoje as minhas dicas de férias de verão. Dica para os corredores do sexo masculino mas aconselho o sexo feminino a ler também e ensinar os vossos maridos ou namorados ou amigos ou primos.
Certamente que embora férias de verão sejam para descansar eu imagino que muitos de vós não resistam a pensar em correr e até mesmo em correr nas férias. Há quem se levante às 6:00 para ir correr pela fresca enquanto a família dorme e os que correm ao final do dia.
No entanto há um outro grupo mais preguiçoso que só se lembra de correr quando está na toalha de praia e vê um senhor de 85 anos ou uma miúda gira a fazer o seu jogging matinal pela areia fora.
Este post é dirigido a esses corredores que com inveja saltam da toalha e dizem à mulher: querida vou fazer um runningzinho.
O problema começa aqui.. Ninguém vai para a praia de calcões de lycra nem com vaselina nem com nada que vá proteger as partes internas das coxas (acho eu). Venho por isso partilhar a técnica do Ánhuca.
Puxem os calções de banho 5 a 10cm para cima do local habitual, vão ficar provavelmente com
o umbigo tapado, vão ter de ajeitar algum material que tenham mas vão deixar de ter carnes a roçar e a ficar em carne viva. Podem agora fazer a vossa corrida descansados sem correr o risco de no final aparecer o Gordon Ramsey e ao olhar para as vossas coxas gritar, ITS FUCKING RAW!

Quem usa sunga na praia ou faz nudismo o melhor mesmo é não correr…

Boas férias

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: