Correr descalço é fixe!

Bom dia Corredores

Ando com uma dor no calcanhar já há algum tempo. Tenho feito exercícios de alongamentos no degrau lá da rua para ver se a coisa alivia mas não tem aliviado muito.

Para tentar ter menos dores andava indeciso entre experimentar uns ténis com muito amortecimento ou se deveria tentar correr descalço.

Comprar ténis novos é sempre tentador, andei a ver os HOKA ONE ONE, que se parecem com aquelas botas que o pessoal usava nas discotecas nos anos 90 (se calhar ainda se usa n sei..), mas como estamos na altura de férias e de poupar dinheiro resolvi correr descalço já que pés já tinha em stock.

Como estava com algum receio resolvi correr com meias calçadas. Assim que me descalcei e arranquei para correr senti logo um alívio. Não ter nada a pressionar os pés é maravilhoso.

Dei duas voltas lá no bairro e foi o suficiente para 2 senhoras que ía a fazer uma caminhada com colecte reflector vestido comentarem logo, “olha assim é que eu devia ir também, sapatos na mão e descalça”.
Para não abusar corri só 1.1km e posso dizer que fiquei rendido. Voltei para casa e vim para o trabalho.

Agora só tenho dores na sola dos pés devido a 2 bolhas gigantes que quase não consigo andar. A dor no calcanhar nunca mais me lembrei dela.

Recomendo

Ricardo Silva

Eu sou o Ricardo Silva e este é o meu blog …ou site ou sítio ou o que lhe quiserem chamar. Estou aqui para vos motivar, para vos ensinar cenas sobre corrida, running e algum jogging, para relatar os meus treinos e da minha crew, para vos ajudar a superar tudo e todos e para irem até ao infinito e mais além. A minha carreira como corredor começou muito cedo. Na zona onde eu vivia os jovens tinham por hábito atirar ovos no carnaval, e eu odeio ovos. Por isso treinava sempre o ano inteiro para chegando o entrudo conseguir ir de casa para a escola e vice-versa sem levar com um ovo na tola. Posso dizer que fui sempre bem-sucedido nesta matéria e até hoje nem 1 ovo aterrou na minha cabeça. Com o passar dos anos e a entrada para a faculdade a minha motivação para a corrida passou a ser outra. Tinha de apanhar 1 autocarro, 1 comboio, e barco e novamente um autocarro para chegar à faculdade. A margem de erro era mínima por isso tinha de andar sempre a correr para garantir que não perdia nenhum destes transportes. Hoje em dia corro porque está muito na moda. Toda a gente corre e tem roupas fluorescentes e perneiras e aparelhos cardíacos e palmilhas e dorsais e medalhas e empenos e geles e isotónicos e tudo e tudo e eu também preciso disso na minha vida. No meu currículo tenho provas de 3000m, mini maratonas de 4000m, provas de 10km e triatlos na distância de sixteenth-ironman entre outros. O meu objectivo na vida e na corrida é continuar a ser igual a mim próprio e evitar assaduras.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: