Boa noite corredores.

Quando somos crianças e andamos na escola achamos sempre que o que nós estão a ensinar não irá servir para grande coisa no futuro. Não quero saber quem foi o 1° rei de Portugal, para que raio irá servir eu estar a ler O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, não me interessa nada saber o sistema digestivo, desde que a digestão não pare não preciso de mais informação.

Sempre fui um aluno médio, não tinha negativas, alguns 4 e 5, nada de especial mas também não era nada mau.

Até que houve um ano que no 1º período tive um 2! Esse 2 foi a geografia e foi mais por desleixo e preguiça de estudar do que outra coisa, tanto que no 2º período só tive satisfaz bem nos testes (não me deram o 4 porque tinha tido 2 no 1° período e sinto-me ainda hoje injustiçado).
Na altura foi um pouco dramático até porque não tinha dito a ninguém lá de casa que vinha aí pela primeira vez na vida uma negativa e lá me tentava defender, com a história de que aquilo era chato e não interessava para nada no futuro, e essas desculpas da treta de miúdos.

Hoje, passado já não sei quantos anos apercebi-me o quanto eu estava errado e devia ter estado com atenção em todas as aulas de geografia e como isso iria prejudicar a minha carreira de corredor.
Inscrevi-me numa prova a pensar que era a 10minutos de casa e fui ver ao mapa e afinal fica a quase 3 horas…

Sai um DNS para mim e a certeza que nunca mais me vou esquecer que Casal de Cambra é em Sintra e Vale de Cambra é no cu de judas.